Petrópolis

Hotel Cassino Quitandinha (Sesc Quitandinha), em Petrópolis

  • A dois
  • Ao ar livre
  • Com a família
  • Com amigos
  • Cultura

PETROPOLIS_quitantinha_Credito_SESC_RJ_1000x665
Foto: SESC Rio

Em 30 de abril de 1946, quando o presidente Eurico Gaspar Dutra assinou a lei que acabava com jogos de azar no Brasil, também decretou o fim da era dos cassinos e do Hotel Cassino Quitandinha, em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro. Dois anos antes, o empresário mineiro Joaquim Rolla sonhava que ele seria o maior cassino da América do Sul.

A construção em estilo normando-francês tem números impressionantes: 50 mil metros quadrados, seis andares, 440 apartamentos e 13 grandes salões. A Cúpula do Salão Mauá onde funcionava o Cassino é a segunda maior cúpula do mundo com 30 metros de altura e 50 metros de diâmetro. A área interna foi decorada em estilo “rococó hollywoodiano” pela designer Dorothy Draper.

O Quitandinha, como é conhecido, serviu de palco para grandes eventos como concursos de Miss Brasil, elegantes bailes de Carnaval e para a Conferência Econômica Interamericana de criação do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) em 1954. Teve entre seus hóspedes os famosos Walt Disney, Café Filho, Getúlio Vagas, Orson Welles, Lana Turner, Henry Fonda, Greta Garbo, Carmen Miranda, Bing Crosby, entre outros.

O edifício é tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural. Adquirido pelo SESC Rio passou por reformas e está aberto à visitação. Imperdível!


HOTEL CASSINO QUITANDINHA (SESC QUITANDINHA)

Site: www.sescrio.org.br/unidades/sesc-quitandinha

GOSTOU? COMPARTILHE COM OS AMIGOSEmail this to someoneShare on Google+Share on LinkedInShare on Facebook